Traça das Frutas / Cydia Pomonella

Ovo: Os ovos são depositados na face superior das folhas ou sobre os frutos, com média de um ovo por folha ou fruto. Cada fêmea coloca em média 44 ovos.

Lagarta: A lagarta, apresenta-se inicialmente branca de cabeça preta. Penetra no fruto e alimenta-se da polpa até atingir as sementes. Quando bem desenvolvida (30 dias em média) chega a medir de 12 a 20 mm de comprimento, possuindo coloração rosada e cabeça marrom.

Pupa: Ao fim do período larval, saem do fruto, tecem casulos de seda, com 10 a 12 mm de comprimento, na casca da planta ou outro local protegido e formam a pupa de coloração castanha.

Adulto: São mariposas de 15 a 20 mm de envergadura e 10 a 12 mm de comprimento, com coloração acinzentada e uma mancha circular escura rodeada de escamas avermelhadas. Durante o dia a mariposa fica em repouso, camuflada no interior da copa, em locais mais escuros das árvores, entrando em atividade quando a temperatura se eleva acima de 10 a 15,5ºC, quando inicia a postura. A longevidade é de cerca de 20 dias. No Brasil, o inseto possui uma ou duas gerações por ano, passando por um período de diapausa e emergindo no início da primavera.

REF: 131 Categoria:

ADVERTÊNCIAS

PROTEÇÃO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE

  • Não permita que menores de idade trabalhem na aplicação deste produto.
  • Mantenha afastado das áreas de aplicação crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas.
  • Use equipamentos de proteção individual (EPIs).
  • Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto.
  • Não desentupa bicos, orifícios ou válvulas com a boca.
  • Primeiros socorros e demais informações, vide o rótulo, a bula e a receita.
  • Evite a contaminação ambiental, preserve a natureza.
  • Não utilize equipamento de aplicação com vazamentos.
  • Não lave as embalagens ou equipamentos em lagos, fontes, rios e demais corpos d'água.
  • Aplique somente as doses recomendadas.
  • AS embalagens vazias devem ser enxaguadas três vezes e a calda restante deve ser acrescentada à preparação a ser pulverizada (tríplice lavagem).
  • Descarte corretamente as embalagens e restos do produto.
  • Não reutilize as embalagens vazias.
  • Periculosidade ambiental e demais informações, vide o rótulo, a bula e a receita.

Leia atentamente o rótulo, a bula e o receituário agronômico, e faça-o a quem não souber ler.

CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. PRODUTO DE USO AGRÍCOLA. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.

Danos e Prejuízos

Ataca principalmente maçã, pêra, marmelo e noz européia. A larva pode penetrar no fruto pelo cálice, pedúnculo ou pelo lado, abrindo galerias na polpa e dirigindo-se ao centro do fruto para alimentar-se das sementes. Os frutos atacados ficam com excrementos na superfície e em volta do orifício de ataque, que é o sinal característico da presença da larva. Entradas pelo cálice são mais difíceis de serem detectadas sem dissecar o fruto. Os frutos atacados apodrecem e caem precocemente. Seus prejuízos podem superar 80% em maçã e 40% em pêra, quando não são adotadas medidas de controle.

   

Contato

Nome*
Email*
Telefone*
Cidade*
Informações Complementares